sexta-feira, 26 de março de 2010

BARROCO NO BRASIL



Quando os portugueses se estabeleceram definitivamente no Brasil, por volta de 1600, estava entrando em vigor na Europa um estilo estético que se chamava Barroco. Os seus princípios levaram os músicos, escritores, pintores, escultores a produzir obras cheias de movimento, ornamentação e emoções contraditórias. Foi essa uma forma de arte que trouxeram para cá e aqui desenvolveram por mais um século.

A arte barroca nasceu em oposição à arte renascentista, que se baseava na razão e nos modelos greco-romanos de equilíbrio e simplicidade.
Vários fatores contribuíram para o clima social agitado que produzia essa arte excessivamente ornamentada:

-o intenso comércio entre os países;
-a colonização de novas terras;
-as inovações que abalavam crenças antigas;
-a nobreza que desejava mostrar seu poder;
-o clero religioso da Contra-reforma que precisava se afirmar e combater os protestantes.


Para se nomear o estilo adotou-se a palavra "barroco" porque significa "uma pérola em formato irregular e aspecto estranho". Os colonizadores difundiram o Barroco ao levar seus artistas para as novas terras descobertas.

Observe na obra abaixo a presença do jogo de luz "claro/escuro", o foco de luz no personagem principal (o menino) .


A Sagrada Família - Rembrandt


Os holandeses foram expulsos do Brasil em 1654. Depois disso, começou a decadência do comércio do açúcar porque os holandeses passaram a cultivar a cana das Antilhas, vendendo o açúcar antilhano aos europeus por preço inferior ao brasileiro. Com isso o Brasil entrou em crise e os portugueses começaram a incentivar a procura de ouro no país. Em pouco tempo o Brasil já mandava toneladas de ouro de região de Minas Gerais para Portugal. Lá se ia a riqueza brasileira...


A riqueza do ouro transformou a sociedade brasileira. As cidades cresceram e enriqueceram, as construções foram aprimoradas e houve uma verdadeira corrida em busca de ouro.

Nesse período vieram da Europa arquitetos, pintores, escultores e comerciantes interessados nas riquezas brasileiras. Esses artistas conviviam com o estilo barroco europeu caracterizado por construções exuberantes, muito decoradas, pinturas de colorido forte e contrastante, com figuras sempre parecendo estar em movimento.

A arte barroca caracteriza-se por:
-revelar profunda emoção;
-dar ilusão de movimento;
-focalizar tema religioso;
-Exceder nos ornamentos;
-mostrar contrastes fortes entre luz e sombra;
-apresentar muitas curvas e dobras.


San Esteban de Salamanca, reredos

Igreja de São Francisco - Salvador /Bahia - (vista interna)


Igreja de São Francisco - Salvador/Bahia (vista interna)


 Fachada da Igreja de São Francisco (Salvador)



Muitos foram os artistas que contribuiram para o engrandecimento do estilo barroco no Brasil. Entre eles destacamos Mestre Ataíde e Aleijadinho.

Manoel da Costa Ataíde (Mestre Ataíde)

Nasceu em Mariana (1762) e foi considerado um gênio da pintura brasileira. Em suas obras aparecem anjos, madonas e santos mulatos. A maior obra do Mestre Ataíde está na igreja da Ordem Terceira de São Francisco em Ouro Preto.






Teto da Igreja de São Francisco de Assis (Ouro Preto). Causa impressionante ilusão dfe óptica, graças aos pilares pintados em perspectiva.



Antônio Francisco Lisboa (o Aleijadinho):

Nasceu em Ouro Preto (1736-1814). Era filho de um arquiteto português e de uma escrava chamada Isabel. Tudo o que aprendeu foi trabalhando com seu pai, observando pintores e escultores da época, gravuras vindas da Europa e frequentando bibliotecas de escritores religiosos. O apelido de Aleijadinho deve-se ao fato de, por volta dos 50 anos, ter adoecido, ficando com as pernas e mãos deformadas e perdendo até parte dos dedos. Como não podia mais se locomover, ele era carregado por dois escravos, que amarravam em suas mãos os instrumentos de que necessitava para esculpir. Ele trabalhava nos projetos arquitetônicos e na decoração das igrejas barrocas. Usava como matéria-prima a madeira e a pedra sabão. Veja algumas obras de Aleijadinho:




Igreja de São Francisco de São João del Rei


Fachada ângulo mais aproximado da I. São Francisco em São oão Del Rei




Os profetas em Congonhas do Campo











A arquitetura barroca também aparece nas fazendas, sítios, chácaras, engenhos e prédios públicos:


Engenho D'agua em Ilha Bela (São Paulo)



Casa dos Contos - Ouro Preto:




2 comentários:

  1. Parabéns belíssimas imagem.
    Viajei sem nada gastar.

    ResponderExcluir
  2. Olga, Fico feliz em saber que vc gostou! Volte sempre!!

    ResponderExcluir